Raspberry Pi e o propósito de Valores

Raspberry Pi

Raspberry Pi

A MATERA possui um Manifesto no qual enfatiza todos os valores em que acredita e cultiva e uma das preocupações é despertar a consciência ambiental nos que estão ao nosso redor. Uma das nossas últimas realizações nesse sentido foi a adoção de um hardware de baixíssimo consumo de energia (média de 2W) para prover conteúdo para as TVs espalhadas em nossos escritórios, o Raspberry Pi.

Ao invés de ter um notebook  (consumo médio de 30W) provendo a imagem para as TVs, a adoção do Raspberry Pi representa uma economia de energia de 90%. Além disso ele pode ser facilmente anexado na TV, eliminando a necessidade de um local para colocar o notebook.

Apesar das smart TVs contarem com recursos de software, inclusive um navegador, nem sempre é possível renderizar o conteúdo de forma aceitável, especialmente se houver alguma preocupação com a apresentação do conteúdo, como flash, CSS, HTML5, dentre outros. Por isso o uso do Raspberry Pi, que pode ser visto como um computador, acaba se tornando uma opção muito atraente ao enviar a imagem para a TV via HDMI.

Se a TV tem suporte ao protocolo CEC, aí sim a brincadeira fica ainda mais interessante. É possível programar o Raspberry Pi para ligar e desligar a TV automaticamente, promovendo uma economia de energia ainda maior, visto que é comum os funcionários esquecerem de desligar essas TVs informativas no final do expediente. Para a empresa pode ser interessante, por exemplo, ligar a TV às 08:30 e desliga-la às 19:00.

E por último um outro fator muito importante a ser considerado é ótimo preço. Enquanto os netbooks (já bastante raros) giram em torno de R$700,00, é possível adquirir o Raspberry Pi por menos da metade do preço. Se o comparar aos notebooks então, o percentual de economia é de 75%.

O sistema operacional é uma versão adaptada dos principais produtos do mercado, como Debian, Ubuntu e Windows. Isso permite aplicações mais ousadas desse dispositivo, como por exemplo em substituição aos computadores nas estações de trabalho em conjunto ao investimento em soluções de Desktop Virtual. Dessa forma o Raspberry Pi vira uma interface para o usuário e acessar seu desktop num servidor.

Temos que ser consciente ao usarmos equipamento eletrônicos e verificar sempre a verdadeira necessidade do seu uso, para com isto podermos balizar o consumo de energia que teremos e adotar soluções mais sustentáveis !

Pense consciente e vamos ajudar o mundo ser bem melhor.

 

Links Externos

[1]  Raspberry Pi

[2] CSS

[3] HTML5

[4] CEC

[5] Desktop Virtual

Por EMILSON MARGOTO

Postado em: 28 de setembro de 2016

Confira outros artigos do nosso blog

Seja Digital migra para AWS com Matera

13 de dezembro de 2017

Caue dos Santos Pereira

Cuidados com Smartphones

27 de agosto de 2015

Jose Rafael Eloy Capucho

Backup remoto de VMs com RSYNC

21 de agosto de 2015

Emilson Margoto

Deixe seu comentário