Explore o Material Design

Material Design é a nova linguagem visual apresentada pelo Google, sendo uma evolução e orientação para designers e desenvolvedores Android e de aplicações web. A ideia se originou de um esforço para criar uma experiência unificada em diferentes plataformas, tamanhos de dispositivos e resoluções.

Você já pode consultar toda a documentação do Material Design online, num documento que se mantém vivo através de atualizações contínuas à medida que seus princípios e conceitos se desenvolvem. A principal ideia da guideline é apresentar os princípios clássicos de um bom design com a inovação tecnológica que já conhecemos do Google. Isso permite uma abordagem mais objetiva ao mundo subjetivo dos designs, estabelecendo limites razoáveis, com algumas restrições, mas que não são excessivas.

Entenda os princípios

Material é uma metáfora que utiliza a matéria física como referência, sua inspiração é o papel e tinta que ganha forma em ícones, sobreposições e orientações.

O Material Design reúne superfícies intuitivas e naturais à um sistema de movimento que remete às ideias com os quais já estamos familiarizados como uma mesa com papéis sobre ela, facilitando a compreensão e interação do usuário usando princípios que já conhecemos. A flexibilidade disso cria novas possibilidades que substituem aquelas no mundo físico, sem quebrar as regras da física.

Luz, sombra e movimentos naturais são a chave dessas interações e contexto do usuário no sistema, trazendo o realismo, dividindo espaço, indicando partes móveis e elementos flutuantes. Todos esses conceitos são detalhados na introdução do guideline.

inboxui

Um conteúdo arrojado cria hierarquia, significado e foco. A inspiração gráfica traz uma opção de cores fortes, com imagens de borda a borda e tipografia em grande escala. O espaço branco intencional cria imersão e clareza. Com um guia de estilo completo específica cores, ícones, imagens, tipografia e até mesmo sugere escritas.

Uma forte característica do Material Design se apresenta hoje como Motion Design, que trabalha as relações espaciais, funcionalidades e objetivos com beleza e fluidez. Como sabermos coisas não surgem do nada ou vão para o nada, por isso os movimentos são significativos e intencionais como o universo que conhecemos. Todas as mudanças começam com o usuário que interage com a interface e desencadeia um movimento em cascata, reforçando o movimento como primordial e seguem padrões de comportamento detalhado.

movimento_usuario

Outra característica que não pode ser esquecida é a acessibilidade pensada desde a sua usabilidade e projetada para uma melhor experiência do usuário.

Material Design garante um melhor agilidade na criação de novos design a partir dele. Orienta para melhor experiência até mesmo desenvolvedores que não contam com o apoio de uma equipe de design. Garante o aprendizado rápido do usuário, já que se trata de uma linguagem que ele utiliza em seu dia a dia. Essas são algumas vantagens que você tem ao usar essa linguagem no seu projeto.

Saiba como usar e aplicar melhor o Material Design em nosso próximo post, acompanhe.

Referências

Material Design

Vídeo 2015 Google Design Showcase

Vídeo Making Material Design

The Ultimate Guide to Google’s Material Design

Anotações sobre Material Design do Google

Por JAQUELINE DE JESUS ZAMBONI

Desenvolvedora front-end, UI/UX designer. Artista e designer gráfico de formação que conheceu e se apaixonou pelo universo da tecnologia desde 2007. Fotografia e costura são as paixões das horas vagas.

Postado em: 23 de setembro de 2016

Confira outros artigos do nosso blog

Aplicando conceitos de UX em API REST

28 de abril de 2017

Monise Costa

Desmistificando o UX nosso de cada dia

14 de setembro de 2016

Jaqueline de Jesus Zamboni

Android Design Support Library – FAB e Snackbar (Parte 2)

15 de março de 2016

Guilherme Lima Pereira

Android Design Support Library – Navigation Drawer (Parte 1)

21 de janeiro de 2016

Guilherme Lima Pereira

Deixe seu comentário