SISTEMA COLABORATIVO: UNINDO FORÇAS COM O BUDDYPRESS – PARTE 02

Dando continuidade a série de como o sistema colaborativo é um facilitador de comunicação e interatividade de um processo ou sistema, segue mais um post sobre a instalação do BuddyPress.

Apenas para relembrar, o BuddyPress é parte de alguns plugins e templates WordPress no qual você cria um sistema colaborativo em uma rede social. Para mostrar a configuração, vamos instalar um wordpress desde o início e posteriormente o plugin.

Baixe o template padrão do WordPress – > https://br.wordpress.org/wordpress-4.6.1-pt_BR.zip.

Quando finalizar o Download, acesse o painel de administração, no item Plugins > Adicionar Novo [Pesquise por BuddyPress] > instalar agora

23Figura 1 – Instalação do Plugin

 

Na sequência, vá no menu “Aparência” > “Templates” e ative o template padrão do BuddyPress.

34Figura 2 – Ativação do Template padrão BuddyPress

Para configurar o Plugin:

Observe que após ativar o plugin, haverá um item a mais no seu WordPress com o nome BuddyPress e você pode manter as configurações originais ou alterá-las caso necessário.

45Figura 3 – Configurações do Plugin

Configure os itens que acha importante fazer parte do seu site:
Alguns itens estão desabilitados, caso ache interessante adicionar a sua página algum desses recursos, faça nessa etapa:

53Figura 4 – Ativação dos componentes do plugin

Para configurar dos campos:

Essa opção é para criar novos campos personalizados para os perfis que farão parte do site. Defina quais e quantos campos serão necessários criar:

73Figura 5 – Personalizar campos do site

 

É bem dinâmico configurar o BuddyPress. Após essas configurações básicas, escolha um tema e comprove como o trabalho se torna mais leve quando há um Sistema Colaborativo envolvido.

Por hoje é só pessoal.
Até a próxima!

Referências:

[1] https://buddypress.org/

[2] https://wordpress.org/

Por RAQUEL STAPAIT

Postado em: 24 de novembro de 2016

Confira outros artigos do nosso blog

REST não é JSON

21 de agosto de 2017

Bruno Sofiato

[Webinar] Profile de aplicações Java com Oracle Mission Control e Flight Recorder

24 de julho de 2017

Danival Calegari

Criando Mocks de serviços REST com SoapUI

27 de junho de 2017

Monise Costa

JavaScript 6: diferença entre var, let e const

09 de maio de 2017

Otávio Felipe do Prado

Deixe seu comentário